Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Plebiscito proposto pelo governo é pauta de reunião com a nova Executiva da JMDB

Publicação:

A nova executiva da juventude do partido reuniu-se pela primeira vez na Casa Civil
A nova executiva da juventude do partido reuniu-se pela primeira vez na Casa Civil - Foto: Nabor Goulart / Casa Civil

A Nova Executiva da JMDB (Juventude do MDB) foi recebida nesta quarta-feira, 9, no Palácio Piratini. Foi a primeira visita de apresentação do núcleo partidário após as eleições realizadas no dia 21 de abril.

Após serem recebidos pelo governador José Ivo Sartori, o presidente Norton Soares e demais representantes estiveram na Casa Civil.

Em reunião com os secretários Cleber Benvegnú e Susana Kakuta, da Casa civil e de Minas e Energia, respectivamente, foram apresentadas justificativas para a realização do plebiscito proposto pelo governo do Estado para ser realizado nas eleições de outubro.

Foram apresentados dados sobre a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Companhia Rio-grandense de Mineração (CRM) e Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (SULGÁS), que dependem de consulta à população para serem privatizadas ou federalizadas. Segundo os dados, as empresas precisam de vultosos investimentos para ampliar seus mercados e qualificar serviços, que não estão disponíveis pelo Tesouro do Estado.

No encontro, a secretária de Minas e Energia, Susana Kakuta, esclareceu pontos importantes sobre o plebiscito
No encontro, a secretária de Minas e Energia, Susana Kakuta, esclareceu pontos importantes sobre o plebiscito - Foto: Nabor Goulart / Casa Civil

Segundo explicou a secretária Suzana, o objetivo é garantir um novo caminho a essas empresas, com a garantia de novos investimentos que hoje não podem ser aportados pelo acionista majoritário, que é o Estado do Rio Grande do Sul. “Estamos exatamente buscando um futuro para essas companhias. No caso da Sulgás, embora superavitária, a empresa precisa de investimentos calculados em R$ 1,8 bilhão para atingir o patamar projetado para o mercado de gás no Rio Grande do Sul até 2030. Já em relação à CRM e CEEE, a necessidade de recursos é urgente, especialmente no caso da CEEE-Distribuição, que corre o risco de perder a concessão federal para exploração dos serviços. “Esse debate precisa ser feito com urgência, não podemos mais esperar”, disse Benvegnú ao receber a JMDB.

A 24ª Convenção Estadual da Juventude do MDB do Rio Grande do Sul aconteceu na Câmara de vereadores de Porto Alegre, na manhã de sábado, 21, elegendo Norton Soares, vereador de Restinga Seca, como presidente. Estiveram presentes no encontro no Piratini o presidente do diretório da juventude, Norton Soares, o 1º vice-presidente, João Ricardo Oliveira, o 2º vice-presidente, Alberto Flores, a 3ª vice-presidente, Alissa Machado, o secretário-geral, Ivan Maurina, o secretário-executivo, Flávio Lopes Jr, o 1º secretário, Fabrício Müller, a tesoureira-geral, Susan Maciel, o 1º tesoureiro, Carlos Arrué, o 2º suplente, Viccenzo Zang, 4º suplente, Kayo Henrique da Silva, e Igor Tâmbara.

Texto: Ascom / Casa Civil

Casa Civil