Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Otomar recebe Comitiva Italiana da Região do Vêneto

Publicação:

Grupo falou sobre o lançamento do projeto “25 Leões de São Marcos - 150 Anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul"
Grupo falou sobre o lançamento do projeto “25 Leões de São Marcos - 150 Anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul" - Foto: Nabor Goulart/ Casa Civil
Por Jessica Gamarra

O secretário-chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, recebeu a visita na tarde desta quarta-feira, dia 30, da Comitiva Italiana da Região do Vêneto. O grupo organizado pelo deputado regional da região do Vêneto, na Itália, Luciano Sandoná, esteve no Estado para o lançamento do projeto “25 Leões de São Marcos - 150 Anos da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul”, onde foram instalados monumentos do leão em cinco praças dos municípios de Vale Vêneto, Arvorezinha, Monte Belo do Sul, Nova Prata e Jaguari.

O ex-consultor da Região de Vêneto, de Bento Gonçalves, Cesar Prezzi, falou sobre a representatividade que os monumentos constroem, além da ligação que é criada entre os descendentes de determinada região. “É um símbolo importante para contar histórias que se perpetuam por anos, de geração para geração”, frisou. O Leão de São Marcos é considerado uma representação de proteção, paz e faz parte, principalmente, da tradição cristã. Ele é uma representação simbólica do evangelista São Marcos retratado na forma de um leão alado do tetramorfo.

Otomar destacou a importância da imigração italiana para o Brasil e o Rio Grande do Sul, principalmente, pela natureza empreendedora do país e seu olhar visionário. “Os imigrantes italianos foram decisivos para o crescimento e desenvolvimento do Estado”, disse.  No encontro também foi tratado sobre a renovação do tratado cidades-irmãs que municípios gaúchos possuem com cidades italianas. O acordo de cooperação mútua entre cidades ou regiões de nações diferentes, chamado de cidades-irmãs, facilita o acesso a informações, troca de experiências, elaboração de projetos e cooperação econômica e cultural.

Casa Civil