Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Casa Civil propõe mobilização do Estado e prefeitos na busca de soluções definitivas para o transporte público junto à União

Publicação:

Encontro reuniu prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana da Grande Porto Alegre (Granpal)
Encontro reuniu prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana da Grande Porto Alegre (Granpal) - Foto: Alex Rocha/PMPA
Por Gabriela Brands / Ascom Casa Civil

Em reunião com prefeitos da Granpal, secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, defendeu construção de agenda conjunta em Brasília

Nesta segunda-feira (27/9), o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, recebeu os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Metropolitana da Grande Porto Alegre (Granpal) para debater a crise do transporte coletivo urbano e metropolitano. Durante o encontro, a Granpal apresentou algumas sugestões, mas que na visão do chefe da Casa Civil ainda precisam ser avaliadas. Lemos defendeu a construção de um caminho sem onerar a todos de forma irrestrita e sugeriu uma agenda conjunta entre governo do Estado e prefeitos em Brasília e reuniões futuras para tratar do tema.

De acordo com o secretário, é fundamental que o governo Federal se envolva na busca por uma solução para o transporte coletivo. “E neste sentido, precisamos unir esforços e irmos à Brasília. Existem leis federais que definem benefícios, mas não dão a origem do recurso. O debate sobre o custeio das isenções do sistema coletivo é urgente”, disse.

O secretário também argumentou sobre a necessidade de união prefeitos em defesa de uma reforma tributária nacional. “Essa é uma discussão que precisa avançar. Tivemos sucesso na luta contra a guerra fiscal estadual, mas existem questões que precisam ser corrigidas para dar um fôlego às prefeituras”, afirmou.

Para o secretário de Apoio à Gestão Administrativa e Política, Agostinho Meirelles, que também participou do encontro, os dois temas podem mobilizar muitos prefeitos, inclusive de fora do Estado. “Não é um problema do Rio Grande do Sul. É um problema do Brasil inteiro”, justificou.

Com o apoio dos prefeitos presentes, a agenda em Brasília deve acontecer nas próximas semanas. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano será a responsável por marcar os encontros com os ministérios e Congresso Nacional.

Presenças

A reunião também contou com as presenças do secretário de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Luiz Carlos Busato, do chefe de gabinete do governador, Marcelo Alves, do presidente da Granpal e prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, de Arroio dos Ratos, José Carlos Garcia de Azeredo, de Cachoeirinha, Miki Breier, de Canoas, Jairo Jorge, de Esteio, Leonardo Pascoal, de Gravataí, Luiz Ariano Zaffalon, de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, de São Leopoldo, Ary Vanazzi, de Sapucaia do Sul, Volmir Rodrigues, de Triunfo, Murilo Machado Silva e de Viamão, Valdir Bonatto, além de secretários municipais.

Casa Civil