Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Polícia Civil recebe novos coletes e capacetes balísticos para combater o crime no estado

Publicação:

A entrega simbólica do equipamento ocorreu no auditório do Palácio da Polícia nesta sexta feira
A entrega simbólica do equipamento ocorreu no auditório do Palácio da Polícia nesta sexta feira - Foto: Divulgação Polícia Civil

Vinte e cinco coletes e capacetes balísticos foram entregues, nesta sexta-feira (26), à Polícia Civil do Estado, em mais uma doação realizada pelo Instituto Cultural Floresta (ICF). A entrega simbólica ocorreu no auditório do Palácio da Polícia e contou com a presença do Chefe de Polícia, delegado Emerson Wendt, e do diretor de Operações do ICF, Carlos Eduardo Vianna.

O material será destinado ao Grupamento de Operações Especiais (GOE), à Divisão de Apoio Aéreo (DAA) e ao Grupo Tático Especial (GTE), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). 
O novo colete, nível 3, eleva a proteção dos policiais civis, que passam a contar com coletes revestidos de placas balísticas capazes de proteger até mesmo contra tiros de fuzil. Cada unidade pesa em torno de seis quilos – três vezes mais do que os coletes usados atualmente. Os capacetes completam o reforço aos policiais civis.

Conforme o Chefe de Polícia, delegado Emerson Wendt, o novo material representará um aumento substancial na proteção dos policiais civis durante as operações e, igualmente, no combate à criminalidade.

Do total de coletes e capacetes recebidos, 15 serão destinados ao GOE e o restante divido entre os policiais da DAA e GTE.

Além de Wendt e Vianna, estiveram presentes o diretor da Divisão de Armas, Munições e Explosivos, delegado Anderson Spier; o diretor do Deic, delegado Rodrigo Bozzetto; e o diretor do GOE, delegado Bolivar dos Reis Llantada.

Instituto Floresta

Com sede em Porto Alegre, o Instituto Cultural Floresta é uma instituição sem fins lucrativos, cujo objetivo é contribuir com o crescimento do Rio Grande do Sul, por meio da educação e do combate à violência. Também trabalha para a valorização dos profissionais da área da segurança e suas famílias, bem como para aumentar a confiança entre comunidade e policiais.

Texto: Ascom Polícia Civil
Edição: André Malinoski/Secom

Casa Civil